Saúde e cuidados

Como passear com cachorro? Veja 4 passos essenciais!

11/09/2020

Nós temos certeza que passear com cachorro é uma das atividades preferidas dos pets. Além de ser divertido, estimula a socialização com outras pessoas e animais e traz diversos benefícios à saúde.

Ao adotar um cachorro, porém, é comum que muitas pessoas tenham dúvidas sobre a melhor maneira para sair com o cachorro. Tem um horário mais indicado? Quanto tempo depois de tomar vacina o cachorro pode passear? Leia até o final que vamos te dar todas as dicas para passear com cachorro!

É importante passear com o cachorro?

Um cão que fica muito tempo sozinho ou sem passear pode acabar se tornando um cachorro quieto e triste. Portanto, passear com cachorro é parte de um conjunto de cuidados que os tutores devem ter para garantir que o pet tenha uma vida saudável e feliz.

Além de atender às necessidades fisiológicas, são diversos os benefícios que o passeio traz ao cão. Veja só:

  • Regulação do peso: estima-se que 59% dos cães no mundo estão acima do peso. A caminhada regular pode ajudar na prevenção à obesidade canina, fator de risco para diversas outras doenças.
  • Fortalecimento das articulações: o passeio contribui para a saúde dos músculos, articulações e ossos dos cães.
  • Regulação do trato digestivo: ao passear, seu cão terá o intestino estimulado a funcionar todos os dias, evitando a constipação.
  • Saúde urinária: o passeio também estimula a liberação de urina, uma vez que ao prendê-la, o cão pode desenvolver infecções na bexiga e no sistema urinário.
  • Socialização: além dos benefícios à saúde, durante o passeio seu cão pode ter contato com outros animais, o que é muito importante para seu bem-estar e para ficar menos agressivo e dependente emocionalmente do tutor.
  • Aguçar os sentidos: o passeio também ajuda a aguçar o olfato, um sentido muito importante para os cães.
  • Liberação de energia: após o passeio e toda a liberação de hormônios, seu cão ficará menos agitado. Seus chinelos e sofá agradecem.

Pode passear com cachorro filhote?

Você pode, sim, passear com seu cãozinho, contanto que ele esteja devidamente vacinado. Após 30 dias da última dose das vacinas V8 e V10 (veja aqui o calendário de vacinação dos cães para tirar suas dúvidas), que protegem contra diversas doenças graves, ele estará apto para sair às ruas e ter contato com outros animais.

É interessante ressaltar que filhotes demandam menos tempo de passeio que cães adultos. Isso porque ainda estão em desenvolvimento e o esforço excessivo pode prejudicar suas articulações. Além disso, eles já gastam mais energia brincando durante o dia, o que é extremamente saudável.

Durante quanto tempo devo passear com o cachorro?

A frequência e a duração dos passeios com seu pet vai depender de alguns fatores, como sua raça, idade e nível de energia ou de saúde. Tudo isso conciliado com o tempo que você tem disponível no seu dia, é claro. De maneira geral, recomenda-se passear duas vezes ao dia, por 15 a 30 minutos cada passeio.

Geralmente, cães adultos de raças grandes conseguem fazer até duas horas de atividades físicas por dia. É o caso de Border Collie, Husky Siberiano ou Golden Retriever, por exemplo. Cães pequenos, como Yorkshire, Chihuahua ou Lulu-da-Pomerânia, têm menos resistência e recomenda-se apenas 30 minutos de caminhada por dia.

Qual é o melhor horário para passear com cachorro?

foto

Cães são animais de rotina e sentem-se mais seguros se você tiver uma programação com horários aproximados para alimentação e passeios. Por isso, procure encontrar horários que se encaixem na sua agenda, mas que respeitem a saúde do cão.

Procure sair logo no início da manhã ou no final do dia. Assim, você também consegue fugir do sol forte, já que o calor pode ser prejudicial aos cães, causando hipertermia, queimando as patinhas e até câncer de pele devido à exposição aos raios solares.

Além disso, muitos tutores optam por levar o cão para passear depois de comer, já que isso o estimula a defecar. Essa prática, entretanto, pode levar a uma torção gástrica, uma condição que afeta a circulação sanguínea no trato digestivo e pode ser grave. Por isso, procure levar seu pet para passear antes de comer ou espere um tempo até que se faça a digestão.

Onde levar o cachorro em dia de chuva?

Em dias chuvosos, levar o cão para passear na rua ou em praças e parques pode ser desagradável, tanto para você quanto para o pet. Nesse caso, é possível encontrar locais cobertos, como o pilotis dos condomínios, ou até áreas bem arborizadas que protegem da chuva forte.

Você também pode usar de acessórios para cães, como capas de chuva, guarda-chuva, botinhas d’água e outros trajes impermeáveis. Lembre-se sempre de secar seu cão após o passeio para evitar dermatites, otites e outras doenças.

Pode levar cachorro no ônibus?

Muitas vezes, quem não tem um automóvel próprio fica restrito a passear apenas no bairro e locais próximos de casa. Porém, em algumas cidades do Brasil, os ônibus municipais aceitam pets, como é o caso do Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte.

Algumas companhias interestaduais também aceitam cães e gatos, mas é preciso pesquisar as condições e regras em cada cidade ou empresa. Atualmente, existem ainda serviços de táxi em que você pode levar ou até aplicativos para passear com cachorro.

Pode passear com cachorro na quarentena?

Durante o período de isolamento social provocado pela pandemia do Covid-19, muitos tutores se questionam sobre a possibilidade de passear com os cães e sair às ruas. De fato, as recomendações são diferentes de outros períodos, já que o cuidado com a saúde deve ser a prioridade. O Conselho Federal de Medicina Veterinária traz as seguintes recomendações:

  • Reduza a frequência do passeio para apenas uma vez ao dia.
  • Faça saídas curtas e objetivas, apenas no quarteirão ou a uma distância próxima à sua residência.
  • Apenas uma pessoa deve acompanhar o cachorro.
  • Evite contato com outras pessoas e animais.
  • Procure sair em horários com menor movimentação no seu bairro.
  • Ao voltar para casa, higienize as patas do seu pet.

Passo a passo de como passear com cachorro

foto

Como você pode perceber, o passeio é essencial à vida do cachorro. Mas qual é a melhor maneira para fazer isso?

Saber como passear com cachorro agitado ou cães que puxam a coleira pode ser um desafio. Veja algumas dicas para lidar com essa situação:

1. Acostume-o em casa

A coleira e caminhar próximo ao tutor pode ser estranho ao cachorro nos primeiros momentos. Por isso, tente colocar a coleira em casa para que ele se acostume e, só depois, saia na rua.

2. Mantenha-o junto de você

No início, seu cão ficará disperso, pode querer correr para encontrar outro cão e você pode perder o controle da coleira ou até se machucar com o puxão. Para evitar que isso aconteça, mantenha a guia curta nas primeiras vezes e sempre que ele se distanciar, pare.

Assim que voltar para perto de você, dê um petisco ou uma ração que você pode levar no bolso. O reforço positivo fará com que ele entenda que ficar junto é importante e que você é quem comanda o passeio.

3. Treine o comando “Vem”

Ter uma palavra de segurança dá mais confiança para o cão explorar o ambiente durante o passeio, sem se afastar muito. A palavra será um termo escolhido por você para recorrer toda vez que precisar controlá-lo. Ensine-o desde filhote e ele entenderá o que você precisa.

Portanto, em um ambiente tranquilo, faça um adestramento com a palavra de comando escolhida. Aqui, sugerimos o “Vem”, que é curto e impositivo.

Sempre que você repetir a palavra “vem” e seu pet ir em sua direção, dê um petisco. Repita o comando diversas vezes, sempre com a recompensa quando ele obedecer. A frequência o ajudará a compreender que sempre que você falar “vem”, ele deve se dirigir a você.

Adestrar um cão nem sempre é uma tarefa fácil. Caso tenha dificuldade, procure um adestrador profissional.

4. Leve água e dê um tempo para descansar

Durante o passeio, é importante cuidar para que seu cachorro não chegue à exaustão ou sinta muito calor. Por isso, se for fazer uma caminhada mais longa, lembre-se de parar para que ele possa descansar e certifique-se de que ele terá onde beber água para se hidratar.

Vai precisar viajar?

Se você for levar o seu cachorro com você

Viajar de férias e deixar o pet para trás é uma tortura, não é mesmo? Afinal, por que privar seu amigo de todas as horas de uma viagem divertida?

Porém, para viagens de ônibus, avião e carro existem métodos e equipamentos específicos para auxiliar no transporte de animais. Veja o nosso post específico sobre como escolher a melhor casinha de cachorro para viagem.

Se você não puder levar o seu cachorro

Caso você precise viajar e não puder levar seu cachorro com você, ainda assim será possível promover passeios para seu pet. O Dog Walking é o serviço de “passeador de cães”, ou seja, um profissional dedicado a passear com os cachorros.

Você pode optar pelo serviço quando for inviável passear diariamente (por viagens ou agendas de trabalho, por exemplo) ou quando deseja estimular o cão com passeios educativos e corrigir atitudes comportamentais, já que o profissional é capacitado para adestrar e cuidar bem do seu pet.

Viu como passear com cachorro é importante para sua saúde física e mental? Se o seu cão tem apresentado algum sintoma durante o passeio, como lentidão ou dificuldade para respirar, é preciso investigar e consultar um veterinário.

Caso queira saber mais sobre cachorro com respiração ofegante, leia nosso outro artigo sobre este assunto.

Gostou do nosso artigo?
Siga nosso Instagram para mais dicas sobre saúde animal!